COLEÇÃO INVERNO 2015 – Pérsia

O Outono – Inverno 2015 da marca Simone Salles, apresentada no 15º MInas Trend, se inspira na tapeçaria persa. As bijuterias desta coleção vêm recheadas dos motivos mais empregados nesta arte milenar, surgida entre as tribos nômades da Antiguidade na região da Pérsia e passada de geração em geração.

O design abusa da desconstrução de ícones desta arte, como ramos de videira, arabescos, conjunto de nuvens, medalhões e sobreposições de padrões geométricos.

A resina, principal matéria prima utilizada por Simone, mistura-se a spikes, pérolas, cristais, vidro e acrílico. A cartela de cores tem preto, caramelo, marrom, café e bordô, intercalados a azul royal, marfim e mostarda.

Família Ardabil

p1

Ardabil é considerado um dos dois famosos tapetes persas e um dos melhores exemplares da escola persa clássica de tecelagem de tapetes. Nessa família a cartela de cores está em tons fortes terrosos misturando com tons iluminados como o dourado e marfim. Em sua morfologia está a mistura de formas curvas e pontas agudas. Os vazados também estão presentes para sugerir mais leveza.

Família Isfaham

p2

A inspiração dessa família está na cidade de Isfaham, que por muitos anos foi considerada o centro de produção dos tapetes persas. Seus tapetes possuem cores muito variadas, com alternância entre cores claras e escuras. Nesse caso foram usados o azul royal, bordô como os tons escuros e para os tons claros o marfim e o pérola. A morfologia foi inspirada em elegantes campos decorados com ramos de videira, folhas de palmeiras e motivos florais, tão presentes nesse tapete.

Família Tabriz

p3

Esta família é inspirada em um dos mais antigos centros de tecelagem de tapetes, produzindo uma enorme variedade de tipos, a cidade Tabriz. As cores mais presentes nessa coleção são o café, dourado e marfim. A morfologia caminha em arabescos marcantes inspirado em temas florais e muitos vazados.

Família Qom

p4

A cidade de Qom ou Ghom, como muitos citam, foi inspiração para uma família dessa coleção. Suas cores são sempre fortes, marcantes e femininas. Entre elas estão preto, bordô e nude rosa. Os tons escuros sempre são sobrepostos pelos claros. Em sua morfologia há uma alternância de linhas muito finas prosseguindo para formas largas e curvas.